Greve dos Correios: sem acordo, paralisação continua; TST julgará caso somente dia 21

Em greve desde 17 de agosto, os trabalhadores se dizem contra privatização e criticam 'negligência' durante pandemia

PUBLICIDADE
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Greve dos Correios: sem acordo, paralisação continua; TST julgará caso somente dia 21 1

A greve dos Correios continua. Durante a audiência de conciliação desta sexta-feira,dia 11 entre os representantes dos trabalhadores e a empresa, não houve acordo. A paralisação será julgada no Tribunal Superior do Trabalho somente no próximo dia 21.

Publicidade

A população e diversas empresas sentem os impactos da greve. A entrega de cartas, faturas e encomendas que não são consideradas emergenciais está comprometida.

Em greve desde 17 de agosto, os trabalhadores se dizem contra privatização, criticam ‘negligência’ durante pandemia, corte de benefícios como licença-maternidade de 180 dias e adicional de risco de 30%, além de reduzir o vale-alimentação e aumentar o custeio do plano de saúde.

Fonte: CliC101 | Brasil 61


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Comentários

Comentários