Com 190 atletas de sete países, Pan-Americano de Beach Tennis começa nesta quinta-feira em Santa Cruz Cabrália, na Bahia

Torneio por equipes e evento Aberto com pontos para o ranking mundial largam nesta sexta-feira, dia 3, a partir das 9h e vão até o domingo. Pan-Americano é confirmado até 2022 em Sta. Cruz Cabrália

Com a participação de 190 atletas de sete países, começa nesta quinta-feira o Pan-Americano de Beach Tennis em Sta. Cruz Cabrália, no sul da Bahia, nas areias da praia de Coroa Vermelha e do hotel Capitania. O torneio é organizado pela Brazil Super Sports com supervisão da Confederação Brasileira de Beach Tennis e chancela da IFBT, International Federation of Beach Tennis.

O primeiro dia terá a apresentação das equipes, coquetel, entrega das camisetas e reuniões. Após a ambientação e treinamento, os atletas iniciam as disputas nesta sexta-feira com o torneio por equipes e a Seleção Brasileira em ação a partir das 9h duelando em todas as categorias contra os Estados Unidos, México, Argentina e Chile. Os jogos do torneio por equipes vão ocorrer na praia da Coroa Vermelha.

A partir das 14h teremos o primeiro dia do torneio Open (Aberto) com pontos para o ranking mundial da IFBT com a adesão de atletas da Venezuela e Bolívia com os jogos de Simples, Dupla Mista e Duplas dos Veteranos nas categorias 40+ e 50+. No sábado segue a competição por equipes e serão iniciados os torneios do Open de Dupla no Masculino e Feminino do Profissional, Amadores e Sub 18. O início no sábado é às 9h com as finais no domingo começando no mesmo horário.

O torneio Open (Aberto) tem premiação de R$ 6 mil (R$ 4 mil aos profissionais e R$ 2 mil aos amadores em produtos BLVS) e pontos para o ranking mundial da IFBT.

A Seleção Brasileira conta com atletas do estado da Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Distrito Federal e Paraná. Matheus Giovannini, de 20 anos, atleta do Profissional e natural de Sta. Cruz Cabrália, destacou a ansiedade para os jogos: “Tenho feito funcional de perna, abdominal, flexão e treino com bola. Estou ansioso para começar logo e representar meu país”, disse o jogador que nesta quarta-feira treinou com seu parceiro no evento, Antonio Vollmer, o Kuteer Volmer, natural do Rio de Janeiro e que morou em Cabrália dos 5 aos 16 anos.

“Temos uma equipe bem forte e com boas chances de sair com a conquista do título. Esse primeiro dia na quinta será importante para pegarmos entrosamento com a equipe completa, alguns jogadores já chegaram hoje, teremos a maioria chegando nesta quarta-feira e vamos nos ambientando em busca do resultado positivo no final de semana. Estamos bem otismistas”, apontou o capitão da Seleção Brasileira, Luiz Basile.

As competições serão realizadas em seis quadras nas praias da Coroa Vermelha e 14 quadras dentro do hotel Capitania.

Pan-Americano é confirmado até 2022 em Sta. Cruz Cabrália – Nesta quarta-feira uma reunião entre os organizadores selou o acordo para o Pan-Americano permanecer em Cabrália (BA) até pelo menos 2022, ou seja, totalizando cinco edições da competição continental. O acordo foi selado entre o prefeito Agnelo Santos, Jorge Bierrenbach, presidente da IFBT na América do Sul, o diretor-técnico da entidade, Luiz Basile, Luis Pedreira, da organizadora do torneio, a Brasil Super Sports, além da Secretária de Turismo, Esportes e Lazer, Patrícia Martins e presidente e vice-presidente da Câmara Municipal de Sta. Cruz Cabrália, Romali Pairana e Josué Sampaio, respectivamente.

“Estamos muito felizes com o apoio da prefeitura de Santa Cruz Cabrália para esta edição e a ampliação do contrato do Pan-Americano por mais quatro temporadas, serão pelo menos cinco edições do evento continental nesse lugar paradisíaco e inspirador aos atletas para jogarem o melhor”, apontou Bierrenbach, que representou o presidente da IFBT mundial, Giandomenico Belletini.

“É a primeira vez que Cabrália vai sediar um evento desta grandeza. Tenho certeza que além de incentivar nossos jovens a praticar esportes, vamos poder mostrar nossa capacidade da realização de grandes eventos, o que gera mais visibilidade e procura da cidade como destino turístico. Tenho certeza que todos os atletas, comissão e jornalistas que vierem prestigiar o evento, vão poder desfrutar de nossa cultura e belezas naturais e vão levar para o mundo, a melhor das impressões desse povo hospitaleiro”, disse o prefeito Agnelo Santos: “O Panamericano de Beach Tennis fica em Cabrália até 2022 e tenho certeza que vamos produzir grandes eventos e credenciar Cabrália para ser sede do Mundial de 2020.

O Pan-Americano de Beach Tennis e o Pan-Americano Open têm o apoio da Prefeitura Municipal de Sta. Cruz Cabrália e da Smash, patrocínio da BLVS e organização e realização da Brasil Super Sports com supervisão e arbitragem da Confederação Brasileira de Beach Tennis e da IFBT.

Fonte: ASCOM – Prefeitura Cabrália

Comentários

Comentários