Agricultora na BA colhe abóbora ‘gigante’ com cerca de 40 kg em plantação: ‘Me assustei quando vi’

PUBLICIDADE
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Agricultora na BA colhe abóbora 'gigante' com cerca de 40 kg em plantação: 'Me assustei quando vi' 1

Uma agricultora se surpreendeu ao colher abóboras gigantes no quintal dela que fica no distrito de Matinha, zona rural de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. Um dos frutos pesou cerca de 40 kg, enquanto um normal pesa em torno de 2 kg.

Publicidade

Dona Severina de Jesus se habituou a plantar na roça em que ela nasceu e se criou, no povoado de Sítio do Padre. Ela contou que sempre plantou um pouco de tudo, como feijão, milho, aipim, hortaliças e também abóboras. Ao todo, a agricultora contou que colheu 12 abóboras gigantes.

“A gente toda vida plantou abóbora aqui, como na roça dos vizinhos todos, a gente nunca viu abóbora desse tamanho, nem em feira vendendo e nem exposição. Para mim, foi um fenômeno que apareceu, me assustei quando vi elas crescendo e não paravam de crescer”, contou dona Severina.

A abóbora é um dos alimentos mais versáteis do mundo. Nativa da América do Sul, estima-se que vem sendo cultivada há mais de 10 mil anos. Apesar de estar no grupo das hortaliças e muita gente pensar que se trata de uma verdura ou legume, ela é considerada um fruto rasteiro.

Agricultora na BA colhe abóbora 'gigante' com cerca de 40 kg em plantação: 'Me assustei quando vi' 2

Existem muitas espécies e podem variar bastante na cor, no formato, na textura. A engenheira agrônoma Adriana Almeida disse que a semente, o tipo de adubação e até o volume de chuvas interferem bastante no crescimento das abóboras.

“Pode ter uma faixa de sol naquele local, que tem mais nutrientes ou que já foi adubado anteriormente. A abóbora está crescendo em ambiente favorável, em uma temperatura mais a menos, quantidade adequada de chuva. A partir de um determinado estágio de crescimento, ela cobre o solo então nenhuma outra planta consegue competir com ela”, explicou Adriana.

Abóboras geralmente são ricas em sais minerais e podem reduzir o risco de várias doenças cardiovasculares e até de certos tipos de câncer.

“Me surpreendeu, pela espessura da abóbora eu achava que fosse uma abóbora fina, mas depois que a gente cortou e e abriu, me surpreendeu a grossura. Dá mais de cinco dedos uma abóbora dessa”, relatou dona Severina.

Fonte: G1 Bahia.


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Comentários

Comentários