Ligue-se a nós

Economia

Veracel destaca investimento de cerca de R$ 8,6 milhões em agricultura familiar e a importância da atividade como alavanca de desenvolvimento econômico da região

Publicado

no

Veracel destaca investimento de cerca de R$ 8,6 milhões em agricultura familiar e a importância da atividade como alavanca de desenvolvimento econômico da região 18

Companhia destaca a importância das relações da empresa e da comunidade com o solo, tanto para a proteção do ativo natural quanto para a ampliação da agricultura familiar com conceitos de agroecologia.

Eunápolis, 16 de abril de 2021 – Nesta quinta-feira (15) foi comemorado o Dia Mundial da Conservação do Solo, e a Veracel Celulose, indústria localizada na região da Costa do Descobrimento, no Sul da Bahia, destaca suas ações de proteção do ativo como empresa de base florestal e ressalta a importância da agroecologia e da relação das pessoas com a terra por meio da agricultura familiar. Somente em 2020, a Veracel investiu cerca de R$ 8,6 milhões em seu programa de apoio à agricultura familiar na região, beneficiando 1.817 pessoas. Foram contemplados coletivos rurais, comunidade de pesca e indígenas, grupo de mulheres e associações comunitárias.

“Além de ser uma importante fonte de desenvolvimento e geração de renda local, a agricultura familiar é uma maneira de conservar o meio ambiente nas áreas onde vivem os produtores. Para a Veracel, apoiar esta iniciativa ganha cada vez mais relevância, tanto do ponto de vista ambiental, quanto para a segurança alimentar das comunidades da região, especialmente durante estes tempos de pandemia, quando esta capacidade de produzir localmente e gerar renda se tornou ainda mais fundamental para que as pessoas pudessem manter ao máximo o distanciamento social durante o enfrentamento do vírus”, afirma Renato Carneiro Filho, diretor de Sustentabilidade e Relações Corporativas da Veracel Celulose. “Além disso, consideramos que os projetos de agricultura familiar com base nos conceitos de agroecologia e de sistemas agroflorestais são oportunidades muito importantes para vincular esta fonte de renda ao cuidado e proteção do solo e à restauração florestal”, analisa o diretor.

Segundo dados do relatório da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) do Governo da Bahia, a agricultura familiar é responsável por 70% de tudo o que chega à mesa dos baianos. Na região da Costa do Descobrimento, 48 produtos da agricultura familiar são produzidos e comercializados, como aipim manteiguinha; alface; cenoura; cebolinha; coentro; salsinha; frutas, como banana da terra e banana prata; e milho verde, entre outros. Com a pandemia da Covid-19, houve diminuição do plantio e queda da venda dos produtos, fazendo com que o apoio à agricultura familiar se tornasse ainda mais importante para a comunidade.

Ao todo, a Veracel apoia 19 coletivos de agroecologia que buscam, entre outras ações, ampliar o acesso à terra, o abastecimento de água, a instalação de energia elétrica, realizar adequações sanitárias e ambientais de unidades produtoras de farinha e derivados de mandioca, ministrar treinamentos, distribuir sementes, propiciar a diversificação de cultivos, construir cozinhas comunitárias e prestar assistência técnica remota aos agricultores.

Veracel e os cuidados com a qualidade do solo

A Veracel também acompanha de perto os índices de qualidade do solo das áreas de sua plantação florestal. Antes de iniciar um novo plantio, a empresa realiza a avaliação de todos os nutrientes do solo a fim de verificar as necessidades especificas de adubação, garantindo um fornecimento equilibrado de nutrientes para o crescimento da floresta.

Além disso, a empresa adota a técnica do cultivo mínimo, prática que preconiza o preparo do solo apenas na faixa de plantio da nova floresta e após a colheita da madeira mantêm toda a casca, galhos e folhas na área. Todo esse material além de servir de proteção física do solo contra a incidência direta de raio solares e perda de água é uma importante fonte de nutrientes e contribui para manter a matéria orgânica do solo e sua sustentabilidade.

“Para uma empresa de base florestal, é indiscutível o quão importante é conhecermos as características de nosso solos. Manter um constante monitoramento de parâmetros que refletem a qualidade do solo é fundamental para propiciar importantes recomendações técnicas que garantem um nível de manejo florestal otimizado e cada vez mais eficiente e, com isso, garantirmos ainda mais a a sustentabilidade da produção florestal”, finaliza Helton Lourenço, coordenador de Manejo Florestal da Veracel.

Sobre a Veracel Celulose

Fundada em 1991, com início da produção de celulose em 2005, a Veracel Celulose é fruto da parceria entre duas empresas grandes no setor de celulose e papel em âmbito internacional: a brasileira Suzano e a sueco-finlandesa Stora Enso, que compartilham o controle acionário da companhia, detendo, cada uma, 50% das ações. Localizada em Eunápolis, no Sul da Bahia, a companhia integra operações florestais, industriais e de logística em 11 municípios da região. Com uma produção anual média de 1,1 milhão de toneladas, a empresa gera 3.191 empregos próprios e de terceiros.

A Veracel Celulose tem compromisso com as pessoas – colaboradores, parceiros e comunidades. A empresa busca sempre contribuir com a qualidade de vida regional, a partir do apoio e do desenvolvimento de ações culturais, sociais econômicas que beneficiam a região. Além disso, a preocupação com a conservação ambiental faz parte da agenda de sustentabilidade da companhia.

Fonte: Ascom Veracel Celulose

Anúncio

Publicidade

Publicidade

Previsão do Tempo

Publicidade