TSE faz parceria com WhatsApp para coibir disparos em massa nas eleições

PUBLICIDADE
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

TSE faz parceria com WhatsApp para coibir disparos em massa nas eleições 1

Nesta quarta-feira (30), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou uma parceria com o Facebook Brasil e o WhatsApp Inc. para combater a desinformação e abusos durante as eleições 2020.

Publicidade

O acordo faz parte de uma série de medidas tomadas pelo tribunal para incentivar a circulação de informações oficiais sobre o processo eleitoral.

As plataformas ofereceram produtos e serviços, sem custo aos cofres públicos.

Segundo o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, as plataformas devem fazer valer suas regras de conteúdo para evitar o uso abusivo dos serviços, o que é ainda mais importante em períodos eleitorais. “Agradeço o espírito de cooperação e enfatizo a importância dessa parceria para o TSE, para a democracia brasileira e para o país de uma maneira geral”, disse o ministro, ao fazer referência à revolução digital e ao espaço que as plataformas ocupam na vida das pessoas.

Ele lembrou que, infelizmente, esses meios são utilizados com maus propósitos para obter vantagem ilícita, para difamar pessoas, desconstruir componentes essenciais da democracia que é a informação verdadeira.

O presidente do TSE ainda afirmou que a grande vantagem dessa parceria é tentativa de eliminar a circulação de notícias falsas, enfrentar os comportamentos inautênticos coordenados, uso indevido de robôs, impulsionamentos ilegais e uso de perfis falsos que espalham notícias deliberadamente falsas.

Conheça as ferramentas disponibilizadas pelas redes sociais à Justiça Eleitoral:

Facebook Brasil

– Ferramenta “Megafone” vai divulgar, antes da eleição, mensagens no “feed” de notícias sobre as eleições de 2020, sobre sua organização, e sobre medidas de segurança e sanitárias no dia da votação.

Instagram

– Estarão disponíveis aos usuários figurinhas, chamadas de “stickers”, com a temática das eleições municipais e divulgação da campanha sobre mais mulheres na política.

WhatsApp Inc.

– Criação de “chatbot”, um robô, para ajudar na circulação de dados oficiais do TSE sobre o processo eleitoral e a votação. Para receber essas informações e manter conversas com o canal interativo, o eleitor deve adicionar o número: +55 61 9637-1078 na lista de contatos ou acessar o serviço pelo link: wa.me/556196371078 Canal de comunicação específico com o TSE para denunciar contas suspeitas de realizar disparos em massa, o que não é permitido nos Termos de Serviço do aplicativo nem pela legislação eleitoral.

Também será estabelecido um canal de comunicação específico com o TSE para denunciar contas suspeitas de realizar disparos em massa (clique aqui para ver o formulário), o que não é permitido nos Termos de Serviço do aplicativo nem pela legislação eleitoral.

Fonte: Redação Namidia News, com informações: www.tse.jus.br/imprensa/


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Comentários

Comentários