Ligue-se a nós

Entretenimento

Carnaval de Salvador em 2021 está suspenso, diz ACM Neto: ‘Vai depender de termos a vacina’

Publicado

no

Carnaval de Salvador em 2021 está suspenso, diz ACM Neto: 'Vai depender de termos a vacina' 18

O carnaval de Salvador está oficialmente suspenso e ainda não tem data prevista para ocorrer em 2021, segundo anunciou o prefeito ACM Neto, na manhã desta sexta-feira (27), durante coletiva de imprensa.

“Está cancelado o evento em fevereiro e, por ora, só podemos informar o cancelamento. Não há como especular o carnaval em outra época do ano. A possibilidade do carnaval acontecer em outro momento de 2021 está condicionada a existência de uma vacina acessível a todos. Caso exista vacina, os prefeitos das maiores cidades do Brasil se unam para um eventual calendário. Agora, nem eu, nem Bruno [prefeito eleito de Salvador], nem ninguém pode estabelecer uma data, porque essa data dependerá da vacina”, disse o prefeito.

A festa momesca da capital baiana, que tradicionalmente ocorre entre os meses de fevereiro e março, foi adiada por causa da pandemia do coronavírus. O prefeito eleito Bruno Reis também esteve na coletiva e falou sobre a suspensão de um dos principais eventos de rua do país.

“Passada a eleição, sentamos, fizemos ampla reunião, depois fizemos uma série de consultas. Comunicar uma decisão como essa não é fácil, porque sabemos a importância do carnaval para a nossa cidade, o quanto circula de dinheiro na nossa cidade no carnaval, durante o verão. Só teremos condições de fazer o carnaval, com condições sanitárias para isso”, falou.

Além do carnaval, o prefeito ACM neto reforçou que as festas de largo, tradicionalmente iniciadas em dezembro e só finalizadas em março do ano seguinte, também estão suspensas.

“Não haverá festas de largo. Vai ter lavagem do Bonfim? Pode ter algo simbólico. Mas caminhada, saída da Conceição da Praia até a Colina Sagrada, não vai ter”, disse o prefeito, que usou a Lavagem do Bonfim como exemplo, mas destacou que a medida é válida para todas as festas populares realizadas na capital baiana.

Sobre a data do carnaval

ACM Neto já havia dito que se não houvesse uma vacina até este mês de novembro, não teria como manter a realização do carnaval. Mesmo após o anúncio, o prefeito chegou a falar sobre a expectativa da festa em 2021, informando o mês de julho como possibilidade. Na ocasião, mesmo com uma possível data, ACM Neto também disse que a folia momesca só ocorreria se tivesse segurança para realização.

“Que a gente formalize um calendário para o próximo ano, talvez no começo de julho, poderia ser um hipótese. Inclusive, aqui em Salvador, caso isso tenha que acontecer, a gente pode antecipar feriado para garantir cinco dias de festa, já em um ambiente de segurança”, falou na época.

Após ser eleito prefeito de Salvador, Bruno Reis, também falou sobre a festa e afirmou que o que iria definir o adiamento do evento seriam as condições sanitárias. Ele chegou a falar sobre a realizaçã de um calendário e também citou julho como um mês possível. Na coletiva desta sexta-feira, contudo, reforçou que somente com a vacina uma decisão poderá ser adotada.

Enquanto o carnaval era assunto polêmico entre as autoridades, blocos e camarotes seguiam vendendo abadás para carnaval de 2021em Salvador, mesmo sem a certeza de que haveria a festa.

O único bloco que anunciou que não iria desfilar mesmo com a realização da festa foi o Me Abraça, geralmente puxado pelo cantor Durval Lelys. Em um comunicado aos associados, o bloco informou que a decisão foi tomada por causa da pandemia.

Em maio deste ano, o Camarote Salvador, um dos mais luxuosos e tradicionais do carnaval, anunciou a política de devolução do valor dos pacotes caso carnaval não fosse realizado no próximo ano.

Porto Seguro

carnaval em Porto Seguro também está indefinido. Ainda não há data para a festa, que também é tradicional na cidade turística da Bahia, no mês de fevereiro

“Está tudo na incerteza. Fica difícil tomar uma posição. Qualquer gestor agora, se disser que vai ter carnaval em fevereiro, está sendo irresponsável. Não pode tomar uma posição individualista, tem que ser uma posição com a população, com a situação da saúde, do Covid. Infelizmente, quem manda hoje é o Covid”, disse o prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal.

Apesar de informar que a festa não ocorreria em fevereiro, Jânio informou, logo após as eleições, que pensa em realizar os festejos de carnaval em abril. A ideia da prefeitura, segundo ele, seria fazer um carnaval de 18 a 22 de abril. Entretanto, Jânio Natal informou que a definição da data também dependeria da vacina.

Fonte: https://g1.globo.com/

Anúncio

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Previsão do Tempo