Ligue-se a nós

Entretenimento

Câncer de Ludmila Ferber se espalha e cantora faz declaração emocionante

Publicado

no

Câncer de Ludmila Ferber se espalha e cantora faz declaração emocionante 18

A cantora anunciou que já iniciou outro tipo de tratamento, e que está com a saúde muito fragilizada.

A pastora e cantora gospel Ludmila Ferber luta contra um câncer no pulmão desde 2018. Apesar de sua fé, ela relatou recentemente que o tratamento que vinha fazendo à base de medicina nuclear não estava surtindo efeito.

Ludmila luta contra um câncer no pulmão, com metástases no fígado e nos ossos. Por conta da gravidade da situação, a cantora tentou vários tipos de tratamentos. No entanto, nenhum deles surtiu o efeito esperado.

Ela anunciou que já iniciou outro tipo de tratamento, e que está com a saúde muito fragilizada, mas ainda assim continua com a sua agenda de compromissos a todo vapor.

Em sua conta oficial do Instagram, Ludmila fez um relato emocionante. “Não parei de viajar, para ministrar profeticamente. Estou viva e milagrosamente viva”, iniciou a pastora.

“Digo que milagre e propósito se misturaram em mim de tal maneira, que se tornaram uma coisa só. Por isso, minha agenda de eventos está aberta como sempre esteve, e estou a pleno vapor. Não apenas pra ministrar em todo Brasil e nações a fora, mas compondo e gravando canções que falam do que tenho vivido”, continuou.

“E que é uma mensagem do Céu para todos nós. ‘Tenha bom ânimo!’ … ‘Em todas as coisas, porém, somos mais que vencedores’! (Em Cristo Jesus). Se prepare… novidades de músicas novas chegando… mas entrem lá nas plataformas digitais e ouçam as canções que Deus me/nos deu”, finalizou a cantora Ludmila.

Quando foi diagnosticada com a doença, a cantora chegou a ser desenganada pelos médicos, e foi sentenciada a apenas “seis meses de vida”. Porém, milagrosamente, a pastora continua viva.

A artista iniciou o quinto tratamento contra o câncer com muita fé, apesar de demonstrar que ficou frustrada por não ter obtido o resultado desejado nos últimos tratamentos.

Apesar de ter superado os seis meses de vida aos quais foi sentenciada, a pastora sabe que esse tratamento pode ser um dos únicos recursos da medicina no seu caso, mas ela continua crendo que receberá a cura.

Fonte: https://www.fuxicogospel.com.br/

Anúncio

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Previsão do Tempo