Ligue-se a nós

Economia

Sony para de vender eletrônicos no Brasil a partir de março

Publicado

no

Sony para de vender eletrônicos no Brasil a partir de março 18

Embora a PlayStation também pertença a Sony, a venda dos consoles e jogos da empresa não serão afetadas

A Sony confirmou nesta segunda-feira (01) que não vai mais operar comercialmente no Brasil a partir do fim deste mês. A decisão sobre o fechamento da fábrica de TV, câmeras e equipamentos de áudio no país já havia sido tomada e comunicada em setembro do ano passado, porém na época não foi revelado quando exatamente de 2021 isso aconteceria.

A empresa se comprometeu em nota a manter os atendimentos de pós-venda e suporte de reparos para todos os seus produtos “pelo tempo necessário”.

As áreas de jogos, música e soluções profissionais seguirão atuando no Brasil sem qualquer mudança. Ou seja, os fãs de PlayStation não precisam se preocupar. A venda de consoles e jogos não está ameaçada e não sofrerá qualquer alteração.

A Sony optou pela remoção da fábrica do território brasileiro por conta do mercado atual e a tendência prevista para futuros negócios. Mas a empresa se mostra positiva ao afirmar que optou por essa memida visando “fortalecer a estrutura e a sustentabilidade de seus negócios, para responder às rápidas mudanças no ambiente externo”.

E a fábrica não será desperdiçada. A brasileira Mondial, empresa produtora de eletrodomésticos, anunciou em dezembro de 2020 a compra da estrutura.

Fonte: https://www.sbt.com.br/

Anúncio

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Previsão do Tempo