Manifestação de professores de Guaratinga na BR-101 marca início de greve da educação no município

PUBLICIDADE
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

O movimento foi feito na BR-101 em Itabela
Os profissional da educação de Guaratinga, organizados pelo sindicato APLB Núcleo Garça Branca, estiveram nesta manhã de segunda-feira (16) em manifestação na BR-101 no município de Itabela. Os manifestantes pedem o cumprimento da lei do piso nacional, que teve um reajuste de 12,84% para 2020, e segundo os profissionais este índice não está sendo cumprido pelo executivo de Guaratinga, que propôs um  reajuste de 4,31%. O reajuste do pessoal de apoio também é questionado, uma vez que ainda não teria tido discussão sobre o assunto.
Manifestação de professores de Guaratinga na BR-101 marca início de greve da educação no município 1

Segunda Informações do Site  CliC101 o coordenador da APLB de Guaratinga – Orlandy Pereira, várias manifestações foram feitas dentro do município, mas estas não tiveram resultados satisfatórios para a categoria, que decidiu chamar mais atenção fazendo o movimento na rodovia BR-101. Orlandy disse ainda que a greve deve continuar até que a gestora cumpra com a lei. Os educadores almejam pelo menos 8% de reajuste.

A manifestação teve início por volta das 9h da manhã e a previsão de encerramento era para as 11h30. A cada 5 minutos de  interdição, uma via era liberada para os veículos.

Publicidade

Outras situações afirmadas por Orlandy, como motivo do movimento, são melhoria da merenda e do transporte escolar. Segundo ele, houveram “muitos problemas em 2019” na merenda, afirmando que “foi servido nas escolas por um período extenso, suco com biscoito”. No transporte Orlandy falou em “garantia” para os alunos da zona rural.

Coordenações dos núcleos da APLB de outras cidades deram apoio ao movimento, como o presidente da APLB de Itabela, Ubiratã Herculano (Bira).

Fonte: https://www.clic101.com.br/


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Comentários

Comentários