Ligue-se a nós

Esportes

Investimento de Ronaldo no Cruzeiro será de R$ 80 milhões no primeiro ano

Publicado

no

Investimento de Ronaldo no Cruzeiro será de R$ 80 milhões no primeiro ano 21

Ronaldo Fenômeno ao lado de Sérgio Santos Rodrigues, presidente do Cruzeiro — Foto: Cruzeiro / Divulgação

Parte do valor será utilizada para o pagamento das dívidas que fizeram o clube ser punido pela Fifa

Ronaldo comprou 90% da ações do Cruzeiro Esporte Clube, agora uma S.A.F. (Sociedade Anônima de Futebol), por R$ 400 milhões. No entanto, o Fenômeno não colocará no clube todo esse dinheiro de uma só vez. O valor será investido ao longo dos anos. O aporte inicial será de R$ 80 milhões.

Com essa quantia, o Cruzeiro vai conseguir pagar as dívidas emergenciais, como as que impedem que o clube registre jogadores. Parte do dinheiro será usada para quitar os custos correntes do clube, como folha salarial de funcionários e jogadores. Portanto, a equipe celeste não terá problemas para manter os pagamentos em dias nos próximos anos.

Para o torcedor que já sonha com grandes craques, eles podem até chegar, mas não será em 2022. Com o clube na Série B do Campeonato Brasileiro, o entendimento é de que basta um pouco de investimento, para montar um elenco capaz de recolocar o Cruzeiro na elite do futebol nacional, depois de duas tentativas frustradas.

Com a promessa de colocar os R$ 400 milhões em até cinco anos, o investimento no Cruzeiro será maior quando o time estiver novamente na Série A do Brasileirão e a expectativa é de que seja já a partir de 2023.

É importante destacar que o Cruzeiro terá mais de R$ 80 milhões para fazer futebol em 2022. Esse valor é apenas o que Ronaldo vai colocar no clube neste momento. Mas a equipe tem outras receitas, com venda de atletas, bilheteria, direitos de televisão, patrocínios e outros mais.

Parte dos R$ 80 milhões que Ronaldo colocará no Cruzeiro em 2022 será utilizada para o pagamento das dívidas que fizeram o clube ser punido pela Fifa, impedido de registrar novos jogadores.

Por falta de pagamento pelas compras de Arrascaeta e Riascos, junto a Defensor-URU e Mazatlán (MEX), o clube mineiro foi punido pela entidade máxima do futebol mundial. Para se livrar do transfer ban, a equipe precisa pagar quase R$ 20 milhões. Arrascaeta e Riascos, obviamente, não jogam mais pelo clube.

Fonte: otempo.com.br/

Anúncio

Publicidade

Previsão do Tempo

Todos os direitos reservados © 2009-2021 - Que Agito. CNPJ:12.054.600/0001-11
Site desenvolvido por Júnior Tavares