Ligue-se a nós

Economia

Campanha na internet para baixar preço faz Temer liberar importação do feijão

Publicado

no

A hashtag #TemerBaixaOPreçoDoFeijão está entre os assuntos mais comentados do Twitter; produto chegou a ficar 40% mais caro este ano.

Campanha na internet para baixar preço faz Temer liberar importação do feijão 20

Para baixar o preço do feijão nos supermercados, o governo federal decidiu liberar a importação do produto de países vizinhos do Mercosul: Argentina, Paraguai e Bolívia. O presidente em exercício Michel Temer anunciou a decisão em seu Twitter depois que uma campanha pela redução do preço do alimento ganhou força no microblog. A #TemerBaixaOPreçoDoFeijão está entre os assuntos mais comentados da rede social.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que mede a variação nas capitais, o preço do feijão subiu 33,49% no ano até maio. No acumulado dos últimos 12 meses até maio, a alta é de 41,62%.

Em nota, o Planalto diz que Temer fez a requisição ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi. O ministro disse também que está sendo estudada a possibilidade de trazer o produto do México, após a assinatura de um acordo sanitário, e da China.

Questões climáticas que resultaram na perda de praticamente todas as safras no Centro-Oeste do Brasil ocasionaram uma queda na oferta e um aumento na demanda, fazendo com que os preços do feijão subissem.

Campanha na internet para baixar preço faz Temer liberar importação do feijão 21

Anúncio

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Previsão do Tempo

Todos os direitos reservados © 2009-2022 - Que Agito. CNPJ:12.054.600/0001-11
Site desenvolvido por Júnior Tavares

Share via