Ligue-se a nós

Destaques Regionais

Bahia tem 907 veículos recuperados em 2020

Publicado

no

Bahia tem 907 veículos recuperados em 2020 18

Com o resultado, a PRF-BA se tornou campeã na quantidade de veículos recuperados nas rodovias federais do Brasil no ano passado

Pelo menos 907 veículos roubados, furtados ou clonados foram recuperados na Bahia em 2020. Isso equivale a uma média de 2,5 veículos resgatados por dia no estado no ano passado. Divulgados nesta segunda-feira (5), esses dados englobam apenas as recuperações realizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia nas rodovias federais que passam pelo estado. Mas o número pode ser ainda maior se contabilizados os registros da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA). Procurado, o órgão não entregou seu levantamento anual até o fechamento desta reportagem, às 23h de ontem.

Com o resultado, a PRF-BA se tornou campeã na quantidade de veículos recuperados nas rodovias federais do Brasil no ano passado. Há ainda um salto de cerca de 86% no número de resgates realizados em 2020 na comparação com 2019, quando ocorreu a recuperação de 488 veículos nas estradas federais que cortam a Bahia.

O Inspetor da PRF na Bahia, Jader Ribeiro, relaciona o resultado positivo à facilidade de comunicação com o auxílio da internet, que acelera o contato com outras polícias e a busca de informações. Além disso, o crescimento da frota de veículos também causa um aumento natural no número de recuperações anuais de bens desse tipo.

“É um resultado que reflete a fiscalização diferenciada. Anos atrás, o trabalho era feito de forma mais empírica. Agora, temos mais sistemas de consulta, aplicativos, temos as redes. Há cerca de 5 anos, ficou mais fácil ter essa comunicação, podemos, por exemplo, ligar para donos de carros clonados”, explica o inspetor.

A PRF realiza com frequência operações temáticas e capacitação do seu efetivo, com aulas teóricas sobre os diferentes elementos de identificação dos veículos, possíveis modos de adulteração e análise documental. Já nas atividades práticas, os participantes têm a oportunidade de confrontar os conhecimentos adquiridos através de oficinas ou até mesmo comando específico durante abordagem a veículos que trafegam na rodovia.

A entidade acredita que os trabalhos realizados em parceria com outras instituições de segurança como a Polícia Civil e a Polícia Militar, além de ações em conjunto com órgãos de trânsito têm dado uma maior dinâmica e efetividade nas apreensões.

Alívio
Apesar de não ter tido o carro recuperado pela PRF, o comerciante Josivaldo Aragão, 55 anos, conhece bem o alívio de reaver o automóvel. Vítima de um roubo em 23 de junho de 2020, ele chegou a achar que ia perder o veículo de vez, mas voltou a ter posse do bem 15 dias depois da ação dos bandidos.

“Quando fui fazer a queixa me disseram que esse tipo de roubo não costuma ter como objetivo desmontar o carro, mas sim fazer pequenos roubos. Na primeira semana, eu estava na esperança de achar o meu veículo, mas aí passou mais tempo e achei que o carro já estava desmanchado”, comenta o comerciante, que comemorou não ter perdido os R$ 5 mil investidos no KIT Gás do automóvel, que não era coberto pelo seguro.

O automóvel de Josivaldo foi roubado em um assalto à mão armada às 7h30, no bairro de Brotas, em Salvador. Menos de uma hora depois, ele já estava prestando queixa do crime. O carro foi recuperado pela polícia em 2 ou 3 dias, mas o comerciante só foi notificado da recuperação com 15 dias do ato criminoso.

“Os policiais militares viram um carro andando devagar no Dique do Tororó e suspeitaram dos motoristas. Depois, eles acionaram a placa e confirmaram que se tratava de um automóvel roubado. A polícia perseguiu o ladrão e pegou o carro”, relembra Josivaldo.

Em caso de roubo, o cidadão pode recorrer ao Sistema SINAL, que possibilita o acionamento de equipes de policiais em um raio de 100 quilômetros do local da ocorrência. Para isso, quem tiver seu veículo roubado, furtado, com perda de sinal, em sequestro ou clonado, poderá fazer um cadastro do referido veículo no portal da PRF através do site e inserir informações sobre o crime e as características do automóvel.

Fonte: https://bahiadiaadia.com/

Anúncio

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Previsão do Tempo