Ligue-se a nós

NOTÍCIA GERAL

Anvisa manda suspender uso da vacina de Oxford em grávidas após duas mortes

Publicado

no

Anvisa manda suspender uso da vacina de Oxford em grávidas após duas mortes 18

Ministério da Saúde investiga se há relação entre óbitos e uso do imunizante contra a Covid

Após a morte de uma grávida que foi imunizada com a vacina de Oxford e da AstraZeneca, no Rio de Janeiro, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou nota técnica em que recomenda a suspensão imediata do uso da vacina em gestantes. As informações são da jornalista Camila Mattoso, da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

O Ministério da Saúde investiga o que causou a morte da grávida e se há relação com o uso da vacina de Oxford fabricada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Brasil.

Na bula da vacina, não consta a indicação para o uso em gestantes, e a orientação da Anvisa é para que sejam seguidas as orientações do fabricante.

O Ministério da Saúde diz que “reavalia a imunização no grupo de gestantes sem comorbidades.”

Segundo a Folha de S. Paulo, a Bahia investiga a morte de uma outra grávida após o uso da vacina de Oxford.

Fonte: https://www.otempo.com.br/

Anúncio

Publicidade

Publicidade

Previsão do Tempo

Publicidade