Acaba greve dos professores em Eunápolis; Prefeito Robério assina acordo com a classe

Compartilhe nossas matérias nas Redes Sociais

Concursados pra carga horária de 20 horas semanais devem cumprir 13 horas e 20 minutos

Acaba greve dos professores em Eunápolis; Prefeito Robério assina acordo com a classe 1

Após três dias de uma greve geral da categoria, o prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira (PSD) aceitou a contraproposta da diretoria da APLB/Sindicato e revogou o decreto lei 8.205 (21.12.2018), que alterava a carga horária dos professores para 16 horas aulas de 50 minutos em atividades com os estudantes.

Após dois meses de impasse sem avanço de nenhum dos lados, os docentes, em assembleia no dia 28 de março, resolveram paralisar as atividades em protesto contra a medida.

O município, por meio do secretário de Governo, Lourenço Oliveira, apresentou uma contra proposta que foi avaliada e descartada pelos grevistas. No fim da tarde desta sexta-feira (05), o prefeito acatou a proposta dos professores.

Acampados nos jardins da entrada do prédio do gabinete, no bairro Centauro, os professores aguardavam uma decisão do gestor.

Após a assinatura do acordo, os educadores concursados para carga horária de 20 horas semanais devem cumprir 13 horas e 20 minutos em atividades em sala de aula, o que perfaz 14 horas aulas de 50 minutos cada e o restante da jornada de trabalho continuará a ser cumprida em atividades complementares da docência que podem ser feitas tanto nas escolas, atendendo estudantes, preparando aulas ou em estudos e atividades de educação continuada.

Com 817 professores em atividade, a rede municipal de ensino de Eunápolis atende a quase 20 mil estudantes do ensino fundamental, praticado em 42 escolas e algumas extensões tanto na zona urbana quanto nos povoados e no distrito de Gabiarra.

Fonte: radar64.com

 

Comentários

Comentários