Foto: Reprodução TV Aratu

*Do Blog de Pablo Reis, parceiro do Aratu Online

Na entrada da Câmara Municipal de Salvador, ao lado do prefeito da capital baiana, ACM Neto (DEM), o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), foi atingido por uma “ovada” no rosto. O objeto teria sido arremessado por um entre dezenas de manifestantes que se concentraram no Paço Municipal com o objetivo de protestar contra o fato de Dória receber o título de cidadão soteropolitano.

Clique e veja o vídeo:

Mais cedo, em palestra para cerca de 500 políticos e empresários baianos, no Teatro da Casa do Comércio, Dória fez duras críticas à esquerda, chamou o ex-presidente Lula de mentiroso e disse que ele só trabalhou por oito anos e depois “foi sustentado por amigos”.

O atual prefeito foi duro ao comentar alguns programas que existiam na gestão anterior, do petista Fernando Haddad.

“Era uma excrescência, uma gastança de dinheiro para aquilo que não era essencial para o estado. Para quê? Para alimentar os companheiros? Comigo, não. Eu não fui eleito para alimentar companheiros. Companheiro vai trabalhar, vai procurar emprego e produzir”, criticou Dória.

Na sequência, ele atacou diretamente o ex-presidente Lula, apontado por pesquisas como o principal candidato a presidente em 2018. “É meio difícil, com o exemplo do Lula, que trabalhou oito anos da vida e o resto do tempo viveu de favor de amigo, de vantagens desse tipo. Mas comigo à frente da prefeitura de São Paulo não tem mais essa moleza. Evidentemente que eles protestam com isso.”

Após o ataque, Dória se limpou com uma toalha. Ele preferiu responder por vídeo publicado nas redes sociais. “Não é esse o caminho que queremos para o Brasil: A intransigência, a agressividade e a tentativa de amedrontar. A mim, não intimida”, disse. “Vão lá defender o Maduro e jogar ovo lá na Venezuela”, completou.

O título de cidadão foi proposto pelo vereador Felipe Lucas (PMDB), aliado de ACM Neto. O prefeito de Salvador classificou como “ato de vandalismo”. “Atitude de gente bandida, criminosa, que não tem apreço pela democracia“.

Fonte: aratuonline.com.br

Comentários

Comentários