Pais são acusados de morte de menina de 12 anos após uma grave infestação de piolho

PUBLICIDADE
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Pais são acusados de morte de menina de 12 anos após uma grave infestação de piolho 1

Kaitlyn Yozviak teve anemia e em seguida uma parada cardíaca.

Os investigadores do caso acreditam que a infestação de piolho tenha durado de forma, intermitente, por pelo menos três anos e isso impactou as condições de saúde da menina

Uma menina, de 12 anos, da Geórgia (EUA), morreu após anos vivendo com uma infestação grave de piolhos em sua cabeça. Segundo informações do Daily Mail, Kaitlyn Yozviak morreu, em agosto, após uma parada cardíaca e anemia grave. Seus pais, Mary Katherine, 37, e Joey Yozviak, 38, foram acusados de seu assassinato.

Ryan Hilton, agente especial da agência governamental Georgia Bureau of Investigation, disse que a causa morte da menina ainda não foi revelada, mas no momento de sua morte Kaitlyn tinha uma grave infestação de piolho, que pode ter durado intermitentemente por pelo menos três anos. Segundo o agente, é possível que as mordidas repetidas dos piolhos diminuíram os níveis de ferro no sangue da criança, o que provavelmente causou a anemia e pode ter desencadeado o ataque cardíaco.

Publicidade

A juíza do Tribunal Superior de Wilkinson, na Geórgia, Brenda Trammell, concordou que havia provas suficientes para acusações de assassinato em segundo grau contra os pais da menina. O casal também foi acusado de crueldade infantil.

A mãe também relatou aos investigadores que a filha não tinha tomado banho na última semana antes de morrer. Quando chegaram à casa de Kaitlynm, os agentes encontraram um local totalmente sujo e em mal estado, com bichos cobrindo o colchão. Os vizinhos disseram aos agentes que não tinham visto Kaitlyn brincando pela casa no último mês e meio.

O casal já tinha perdido a guarda de dois filhos, devido às condições insalubres de sua casa.  Quando Kaitlyn nasceu,  os pais iriam entregá-la para a adoção, mas acabaram desistindo do processo.

PIOLHO x ANEMIA

Coçar a cabeça é um dos primeiros sintomas de quem está com o parasita. Essa situação ocorre quando o inseto suga o sangue da vítima. Na hora em que está se alimentando, libera uma substância da sua saliva, que gera uma reação de sensibilidade e causa a coceira.
Caso haja uma infestação muito significativa, é possível desenvolver um quadro de anemia. “Não é habitual, mas pode acontecer, se o piolho se instalar por um período longo na cabeça
da criança”, diz a dermatologista Luciana Samorano, do Ambulatório de Dermatologia Pediátrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Segundo a especialista, ele tem um tempo de vida médio entre 30 e 40 dias. Ao identificar a presença do inseto, é necessário começar o tratamento o mais rápido possível, pois uma fêmea produz mais ou menos de sete a dez ovos por dia, ou seja, cerca de 300 ovos durante seu ciclo de vida.

Fonte: https://revistacrescer.globo.com/


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Comentários

Comentários