Ligue-se a nós

Destaques Regionais

Guaratinga decreta situação de urgência em razão das fortes chuvas

Publicado

no

Guaratinga decreta situação de urgência em razão das fortes chuvas 22

Em virtude do enorme volume de água, raios e incidência de fortes ventos que atingiram o município nos dias 31/03 e 01/04/21, a Prefeitura declarou, por meio do Decreto N 199 situação de emergência em Guaratinga, visando dar agilidade para as ações do governo municipal no enfrentamento do problema, considerando os danos materiais em residências, vias públicas, pontes e equipamentos públicos diversos

Para ajudar os moradores logo após o temporal, foi montada uma equipe de força tarefa formada pela Defesa Civil e as Secretarias de Desenvolvimento Social e Infraestrutura que estiveram visitando as áreas atingidas, fazendo levantamento de danos e realizando o cadastro das famílias afetadas. De acordo com a Defesa Civil, várias residências apresentaram risco iminente de cair e outras casas ficaram totalmente destruídas com o temporal.

Guaratinga decreta situação de urgência em razão das fortes chuvas 23

As famílias dessas casas precisaram ser acolhidas por parentes em outras localidades, a equipe da força tarefa ajudou no transporte dessas pessoas. Além disso, outras várias famílias tiveram algum tipo de prejuízo material em suas residências.

A Secretaria de Infraestrutura informou que várias estradas foram bloqueadas por árvores que ficaram atravessadas nas estradas vicinais e que com a ajuda de moradores, aos poucos, as vias de acessos estão sendo desobstruídas. Houve também pontes que estavam em situações ruins que também foram prejudicadas pela força da natureza. Em algumas localidades, os moradores chegaram a ficar sem energia, internet e água por causa de danos causados em equipamentos de empresas que oferecem os serviços no município.

Guaratinga decreta situação de urgência em razão das fortes chuvas 24

O Decreto publicado no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira (07), estabelece uma série de medidas, como autorização para mobilização de todos os órgãos municipais, dispensa de licitação para aquisição de bens ou prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários dos desastres. A medida autoriza ainda agentes municipais entrarem nas casas para prestarem socorro ou para determinar a pronta evacuação e convocar voluntários para ajudar nas ações de assistência aos moradores afetados.

Fonte: https://furo31.com/

Anúncio

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Previsão do Tempo