Ligue-se a nós

NOTÍCIA GERAL

Empresário constrói réplica do Titanic em tamanho real na China

Publicado

no

Empresário constrói réplica do Titanic em tamanho real na China 18

Preço de uma noite de ‘cruzeiro’ nesta réplica será de 2.000 yuans, cerca de R$ 1.600

No interior da China, uma réplica em tamanho real do Titanic começa a tomar forma no meio dos campos, antes de receber os turistas em um parque temático dedicado ao mítico transatlântico.

Em Suining (sudoeste), quatro guindastes elevam-se ao redor de um enorme armazém seco, próximo a um rio. Um enxame de operários trabalha no casco do navio gigante.

O resultado da obra será uma réplica gigantesca do Titanic, o navio que naufragou há mais de um século no Oceano Atlântico, causando a morte de mais de 1.500 passageiros e tripulantes.

“É um projeto muito complicado”, afirma à AFP Su Shaojun, criador da iniciativa. “Estamos construindo um grande navio como um porta-aviões” em terra, explica em seu escritório, diante de uma réplica do transatlântico.

Em Suining, o mar mais próximo fica a mais de 1.000 quilômetros de distância. Mas o empresário está convencido de que os turistas virão visitar seu “Titanicland”, seu parque temático dedicado ao navio.

O custo do projeto é de 10 bilhões de yuans (1,45 bilhão de dólares) e a inauguração está prevista para o final do ano.

O Titanic foi em sua época o maior navio de passageiros já construído.

Este mastodonte, considerado inafundável, sofreu o que é considerado o maior desastre da história marítima.

Como o original, a réplica de Su tem 260 metros de comprimento. Demorou seis anos para construí-la – o dobro do tempo do Titanic real -, cem trabalhadores e 23.000 toneladas de aço.

Tudo, desde a sala de jantar às cabines luxuosas e aos puxadores das portas, é inspirado no original.

Para maior realismo, uma verdadeira máquina a vapor dará aos visitantes a impressão de estar realmente no mar.

DiCaprio na inauguração?

“Especialistas e historiadores corroboraram os planos de construção”, diz Su.

O preço de uma noite de “cruzeiro” nesta réplica será de 2.000 yuans (310 dólares).

Antes de “embarcar”, os turistas percorrerão o parque em micro-ônibus, ao som de “My heart will go on” de Céline Dion, que embalou o filme “Titanic” com Leonardo DiCaprio e Kate Winslet.

Como em todo o mundo, o filme fez um enorme sucesso na China, quando foi lançado em 1997.

E o transatlântico voltou às primeiras páginas na China após o lançamento de um documentário inédito que revelou a história de seis sobreviventes chineses do naufrágio.

Apesar do interesse chinês pelo Titanic, alguns questionam a viabilidade da réplica.

Há alguns anos, uma cópia de US$ 15 milhões de um porta-aviões dos EUA foi abandonada logo após sua inauguração.

O empresário Su está, no entanto, otimista e espera receber entre dois e cinco milhões de turistas por ano.

“Para a cerimônia de abertura, gostaríamos de convidar Jack (Leonardo DiCaprio), Rose (Kate Winslet)”, os dois personagens principais do filme, “e James Cameron”, seu diretor, diz Su.

O Titanic, que partiu de Southampton (sul do Reino Unido) em 10 de abril de 1912 com destino a Nova York, afundou após bater em um iceberg na costa do Canadá.

Os restos do navio, descobertos em 1985, encontram-se a uma profundidade de 4.000 metros.

Fonte: otempo.com.br

Anúncio

Publicidade

Publicidade

Previsão do Tempo

Publicidade