Clipe com mulher que acusa Neymar explode no Youtube após denúncia

PUBLICIDADE
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Clipe com mulher que acusa Neymar explode no Youtube após denúncia 1

Antes mesmo de conhecer o atacante Neymar e acusar o jogador de estupro, Najila Trindade Mendes de Souza foi a atriz de um clipe de pagode romântico. O vídeo “Fogo Cruzado”, do cantor Zula, entrou na internet no dia 3 de agosto de 2017 e tinha apenas 6 mil visualizações nesse um ano e dez meses. Depois que a denúncia da modelo veio à tona, o clipe passou a ter 120x mais acessos.

PUBLICIDADE

Até o momento, são mais de 750 mil visualizações no Youtube. O interesse aumentou justamente na segunda-feira, dia 4 de junho, quando o nome da jovem foi divulgado pelo programa do José Luiz Datena, na TV Band. Nas buscas, o clipe era uma das poucas referências que se tinha da baiana, radicada em São Paulo.

Apesar da gravidade do tema, a produção de Zula tem aproveitado para ganhar visibilidade e fazer a carreira do cantor bombar mais pelo Brasil.

– A gente está tentando aproveitar da melhor forma. Mas sem polemizar sobre o assunto e sem julgamentos. A gente não vai fugir da nossa ética apenas para aparecer – disse um dos sócios do projeto musical, Diogo Zefhera.

dá para comparar com “Fogo Cruzado”.

– A galera tem dito que chegou no clipe pela polêmica, porém acabou gostando da música e do clipe. 90% dos comentários são assim – diz Diogo.

A agenda do artista ainda não está cheia de shows. Mas Zula passou a ser muito requisitado para entrevistas até mesmo fora do Brasil.

– Ainda não (sobre a agenda). Temos recebido muitos contatos de diversas emissoras e canais de comunicação… Hoje tivemos o contato de uma emissora da Espanha – conta.

Modelo fala pela primeira vez

A modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que acusou o atacante Neymar de estupro, falou pela primeira vez sobre o caso nesta quarta-feira, em entrevista ao SBT. E indicou que o jogador iniciou as agressões que teriam culminado em estupro por se negar a usar preservativo

Najila, que tem depoimento marcado para esta quinta-feira, na 6ª Delegacia de Polícia da Mulher, em São Paulo, quebrou o silêncio antes de ser ouvida pelas autoridades e deu detalhes sobre os encontros com o jogador em um hotel em Paris. Segundo ela, o jogador pagou passagens e hotel para a mulher ir para a França.

– Fui vítima de estupro. Agressão juntamente com estupro – disse ao SBT.

Fonte: extra.globo.com


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS

Comentários

Comentários