Uber informará meio de pagamento antes do motorista aceitar corrida

A atualização foi liberada no novo aplicativo do Uber para motoristas

Os motoristas do Uber passaram a saber qual a forma de pagamento que os passageiros usarão antes de começarem as corridas. O recurso ajuda os parceiros do serviço a terem mais controle sobre o tipo de viagem que desejam realizar.
Muitos motoristas não gostam de fazer corridas com pagamento em dinheiro por conta dos riscos de assaltos. Com a mudança, o aplicativo do Uber para parceiros passou a mostrar o meio de pagamento antes do motorista aceitar a corrida e saber o destino.

Apesar das vantagens aos motoristas, a atualização poderá prejudicar alguns usuários, já que as corridas com pagamento em dinheiro poderão ser rejeitadas com mais frequência. Em tese, os usuários que não trabalham com cartão de crédito teriam mais dificuldades para começar uma viagem.

É o que acontece com o aplicativo da 99, que permite que motoristas escolham a forma de pagamento de suas corridas: dinheiro, maquininha ou cartão no app. Segundo a plataforma, “é importante dar essa liberdade aos parceiros para que ele tomem a melhor decisão baseados nos próprios contextos e experiências”.

Caso o passageiro opte pelo pagamento com a maquinhinha, o serviço avisa que os passageiros poderão levar mais tempo para conseguirem um carro. Isso acontece porque “nem todos os condutores possuem o aparelho”.

O novo aviso do Uber foi liberado na nova versão de seu aplicativo para motoristas. A atualização trouxe diversas melhorias, como um rastreador de ganhos em tempo real, uma nova barra de status e a opção de iniciar e finalizar corridas caso o motorista esteja temporariamente sem internet.

Uber começou a aceitar pagamentos em dinheiro no Brasil em julho de 2016. As primeiras cidades a receberem a opção foram Recife, Fortaleza e Salvador. Na ocasião, a empresa afirmou que, no Nordeste, a maioria dos usuários desistia de se cadastrar quando o aplicativo pedia suas informações de cartão de crédito.

Fonte: tecnoblog.net

Comentários

Comentários