Recorde: TRE da Bahia biometriza quase 130 mil eleitores em uma semana

Eleitor baiano pode consultar os locais de atendimento disponibilizado na página do TRE-BA; o recadastramento biométrico é obrigatório e o prazo será encerrado em 31 de janeiro de 2018.

A semana compreendida entre os dias 25 e 29 de setembro estabeleceu um novo recorde para o recadastramento biométrico na Bahia. Nos cinco dias, foram atendidos 129.986 eleitores em todo estado. Com a proximidade do encerramento do prazo, os cidadãos têm intensificado a procura pelos postos e cartórios eleitorais a fim de evitarem os prejuízos decorrentes do cancelamento do título.

O número representa um aumento de 6.158 eleitores biometrizados em relação à semana anterior, quando 123.828 eleitores foram atendidos no estado. Em Salvador, o número de comparecimentos foi o maior registrado desde o início do procedimento. Em cinco dias, a capital recadastrou 40.593 eleitores, uma média de 13.531 por dia. Os postos que registraram maior movimentação foram a Estação Pirajá do Metrô, com 2.860 atendimentos; Shopping Center Lapa, com 1.939 recadastramentos; e a Prefeitura-Bairro Subúrbio/Ilhas, que biometrizou 1.870 eleitores.

No interior, as três cidades que registraram maior movimentação durante o período foram: Feira de Santana, com 9.124 eleitores atendidos; Vitória da Conquista, com 3.814 atendimentos; Camaçari, com 3.143 eleitores biometrizados.

 Meta de 2017

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estabeleceu para a Bahia a meta de 3 milhões de eleitores biometrizados até o dia 31 de janeiro de 2018. O estado conta atualmente com 1.960.377 (65,35%) eleitores recadastrados, apenas em 2017.

Na Bahia, desde 2009, quando foi iniciado o processo de recadastramento biométrico, 3.428.781 eleitores, de um total de 10.585.099 aptos, foram biometrizados.

Documentos necessários

Para realizar o atendimento nos postos eleitorais, o cidadão precisa apresentar um documento original com foto e comprovante de residência atualizado (emitido há, no máximo, três meses).

Fonte: ASCOM – TRE – BA

Comentários

Comentários