Presidente do TRE nega que PSL tenha pedido verificação das urnas na Bahia

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TR), desembargador Edvaldo Rotondano negou, na tarde desta quinta-feira (8), que houve pedido do PSL, partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, para verificar as urnas de votação na Bahia. “Estou sendo surpreendido com isso. Não tenho conhecimento nenhum disso”, disse, ao BNews. Conforme o desembargador houve “uma interpretação equivocada”, da imprensa baiana que noticiou o assunto.

“O que eles pediram foi um mapa geral para saber a votação em cada município.  Está no site do TRE, mas eles pediram aqui. É uma informação que todo partido político pede. As mídias gerais da apuração das eleições. Apenas deferi que fornecesse, no despacho do dia 30”, explicou.
Rotondano reiterou que “não houve nenhum pedido no sentido de impugnação, de verificação de urnas, nem pedido para saber se teve fraude ou não”, explicou.

Na Bahia, Jair Bolsonaro (PSL) obteve 23,41% dos votos, enquanto Haddad, candidato do PT chegou 60,28%. O capitão reformado foi eleito presidente do Brasil com 55,13% dos votos.

Fonte: .bocaonews.com.br

Comentários

Comentários