Participante morre após gravação e emociona Luciano Huck: “inexplicável”

O “Caldeirão do Huck” deste último sábado, 5 de agosto, mostrou uma bonita homenagem à Maria do Socorro Rodrigues, que dedicou sua vida a ajudar mais de 300 crianças e jovens com deficiência ou vitimas de violência abandonados por suas famílias nas ruas de Belém, no Pará, com seu Lar Acolhedor Tia Socorro.

No entanto, antes mesmo do programa ir ao ar, ela acabou falecendo devido a um infarto. O corpo foi encaminhado para o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e a família ainda não havia decidido o velório de Maria do Socorro.

Na época, o apresentador fez uma homenagem na internet para Socorro. “Estou muito, muito triste. Sinto como se tivesse perdido alguém de minha família. E perdi. Nosso encontro foi tão forte e poderoso, que transcendeu os limites da amizade”, disse o apresentador.

Neste sábado, quando a edição foi ao ar, ele explicou o motivo da exibição. “Senhoras e senhores, neste momento, acho que a maior homenagem que eu podia fazer à memória da Tia Socorro, a nossa homenagem, minha, da equipe do Caldeirão e do Padre Fábio de Melo, vai ser contar a história que a gente escreveu junto”, disse.

“Fiz uma amiga, uma pessoa de uma luz, uma entrega, uma missão na vida como eu nunca antes tinha encontrado. Foi uma missão muito especial que, tanto eu quanto o Padre Fábio, tivemos com a Tia Socorro”, contou Luciano Huck.

Fonte: otvfoco.com.br

Comentários

Comentários