Grupo de “Vendas no Face Eunápolis” se tornou mecanismo para vendas de produtos roubados no facebook, veja como se prevenir.

A comercialização de produtos através da internet trouxe grandes facilidades para as pessoas. Venda de produtos usados e anúncios de serviços são os recursos mais usados em diversos grupos de Facebook.

No entanto, o espaço também tem sido usado para vendas ilegais de produtos como celulares roubados e notas falsas. Os anúncios trazem fotos e preços, e muito do contato é feito através do Facebook, por meio de um perfil falso do fornecedor. “A criminalidade chega a tal ponto de que a gente já teve notícias de que pessoas estavam vendendo até dinheiro falso”.

O perfil falso não é garantia de que o vendedor não seja identificado pela polícia. Após o bloqueio junto ao Facebook, a polícia consegue os dados do vendedor, no entanto a policia consegue obter sim o perfil desse usuário e os eventuais dados que ele tenha.

Celulares

Os grupos de venda e troca do Facebook em Eunápolis também estão recheados de anúncios de venda de celulares. Parte dos celulares é de pessoas que realmente querem vender seus celulares usados e tem como comprovar origem. No entanto, os grupos também são utilizados por criminosos para vender celulares roubados. As pessoas precisam estar atentas nestas compras, porque caso a pessoa adquirir um produto sem a comprovação de origem pode acabar cometendo um crime.

“Se caso a pessoa adquiriu de um terceiro ou ela mesmo realizou um furto ou roubo daquele objeto e coloca para vender. A pessoa que compra aquele objeto também é criminoso, também comete um crime de receptação e deve ser averiguado”,

Um meio de comprovar a origem é a nota fiscal. Por isso as autoridades aconselham guardar este documento. “Um alerta que cabe ser feito a população é que quando a pessoa compra um celular em uma loja ela tem uma nota fiscal. Guarde essa nota fiscal.

Armas

A venda de armas também são encontradas nesses grupos, especialmente em grupos fechados voltados a pessoas que apreciam caça esportiva. No entanto, a venda de armas por esses grupos é ilegal.

“A questão da arma é um pouco peculiar tendo em vista a questão do desarmamento realizada um tempo atrás pelo governo federal pra poder recolher as armas e o governo acabaria indenizando essas pessoas. A orientação que a gente passa nesses casos, se a pessoa tem uma arma em casa registrada ou não registrada, ela deve comparecer a polícia a fim de que seja emitida uma guia de trânsito – ela não traz a arma, ela deixa a arma em casa –para ser encaminhada essa arma.

COMO SE PREVENIR:

  1. EXIJA A NOTA FISCAL
  2. DESCONFIE DE VALORES MUITO ABAIXO DO PREÇO DE MERCADO (Mesmo que o celular já esteja ultrapassado).
  3. VERIFIQUE O PERFIL DO VENDEDOR (CERTIFIQUE-SE DE QUE NÃO É FAKE).
  4. SE O PROPRIETÁRIO NÃO POSSUI A NOTA FISCAL, CASO O PRODUTO SEJA DE 2ª MÃO, ATENTE-SE SE REALMENTE O PRODUTO FOI VENDIDO, E NÃO FURTADO.
  5. NUNCA VÁ SE ENCONTRAR COM O VENDEDOR EM LOCAIS DESERTOS OU COM POUCA MOVIMENTAÇÃO
  6. NUNCA PAGUE ADIANTADO
  7. ANTES DE TUDO, TESTE O PRODUTO
  8. JAMAIS COMPRE CELULARES PARCIALMENTE BLOQUEADOS

 

Colaboração

É importante destacar que a colaboração da população nesses casos. Deste modo conselho é:

Quando a pessoa verificar uma situação dessa ou for vítima de uma situação dessa compareça na delegacia, se tiver com testemunhas, e leve um print da tela [captura da tela do computador], traga alguma informação que consiga  identificar a pessoa, porque até pelo Facebook é fácil. Pelo Facebook posta ali e tem o nome da pessoa que postou. Então facilitar isso não custa, só vai facilitar e agilizar.

Fonte: focoatual.com

Comentários

Comentários