Banco alerta para golpe contra aposentados

-------------------------------------------------------------------------------------------

BMG diz que supostos funcionários oferecem crédito mediante adiantamento ou depósito prévio

O Banco BMG alertou que existem criminosos se identificando como representantes da instituição para oferecer empréstimos para aposentados, pensionistas e outros clientes. Ao entrarem em contato com as vítimas, os supostos funcionários oferecem crédito, porém, exigem o pagamento antecipado de valores, com a justificativa de que seriam a “fiança”, o “seguro-fiança” ou outras tarifas falsas. Os consumidores enganados depositam os valores solicitados na esperança de conseguirem um empréstimo.

De acordo com a mensagem divulgada pelo banco, o BMG e suas subsidiárias não exigem qualquer tipo de adiantamento ou depósito prévio, seja para seguro ou fiança para a concessão de crédito. Ainda segundo a instituição financeira, os fatos envolvendo o nome do banco já foram notificados às autoridades policiais e estão sob investigação.

Em caso de dúvidas ou denúncias sobre as práticas, a orientação é ligar para o Serviço de Atendimento ao Cliente, por meio do 0800-9799-099.

GOLPES CRESCERAM 30% NO ANO PASSADO

Os golpes que utilizam falsos funcionários do Banco BMG não são os únicos criados para extorquir dinheiros de aposentados e pensionistas. Somente em 2017, houve um aumento de 30% nas denúncias sobre crimes em que bandidos se passam por representantes da Previdência Social para conseguirem transferências de valores de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Segundo a Secretaria de Previdência Social, ao longo de todo o ano de 2016 foram 947 denúncias de golpes, e esse número chegou a 1.222 em 2017, aumento de 30%.

FIQUE ATENTO

A Previdência Social não solicita dados pessoais dos seus segurados por e-mail ou telefone.

Todos os serviços da Previdência Social são gratuitos.

Não utilize intermediários para entrar em contato com a Previdência Social.

Em hipótese alguma, deposite qualquer quantia para ter direito a algum benefício previdenciário.

Em caso de dúvidas, ligue para a Central 135 e agende uma visita a uma Agência da Previdência Social (APS).

Não forneça os seus dados pessoais para terceiros, já que estes dados podem ser utilizados para fins ilícitos.

Em caso de golpes, registre imediatamente um boletim de ocorrência na Polícia Civil e comunique o fato à Ouvidoria Geral da Previdência Social, pelo telefone ou site.

Fonte: gazetaonline.com.br

Comentários

Comentários